by Marcia Serante

Arquivo do blog

Sinais em contexto escolar

Plano de aula inclusivo

sexta-feira, 29 de março de 2013

Prefeitura de Curitiba lança serviço de transporte para pessoas com deficiência


O primeiro ônibus do projeto Acesso foi entregue nesta quarta-feira (27) pelo prefeito Gustavo Fruet aos moradores da Administração Regional do Pinheirinho. Em fase de teste, por três meses, o serviço de transporte é destinado a pessoas com deficiência que possuem um alto grau de comprometimento, sem autonomia ou independência funcional, relacionado às questões motora, intelectual ou emocional e que não conseguem utilizar os demais meios de transporte coletivos existentes. "Nos 320 anos de Curitiba estamos colocando em prática e consolidando o projeto Acesso. A inclusão é um trabalho permanente e começamos nesta gestão a projetar nossa cidade para o futuro, sem esquecer da acessibilidade e respeito às pessoas com deficiência", disse Fruet.
O prefeito lembrou que durante a administração de seu pai, o ex-prefeito Maurício Fruet, Curitiba ganhou o SITES (Sistema Integrado de Transporte para o Ensino Especial) e as primeiras guias rebaixadas.
Mirella Prosdocimo, secretária municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, disse que a Regional Pinheirinho foi a escolhida para o projeto piloto porque tem uma grande demanda. "Vamos começar a proporcionar maior qualidade de vida a pessoas com deficiência", disse ela, lembrando que, depois da fase de teste, o serviço será ampliado para todas as regionais. "Vamos disponibilizar um ônibus para cada regional da cidade, para atender os usuários que precisam deste serviço", disse ela.
Destinos
O projeto Acesso foi criado para conduzir pessoas com deficiência de suas residências a locais específicos, como serviços de saúde (consultas, exames, habilitação e reabilitação) e atendimentos socioassistenciais. Os interessados devem fazer inscrição no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) mais próximo de sua casa para que seja feita uma avaliação socioeconômica e de funcionalidade. O serviço vai funcionar em dias úteis, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.
Os ônibus do projeto Acesso são adaptados e possuem três espaços para cadeirantes; local para dez passageiros sentados, mais dois bancos preferenciais destinados a pessoas obesas; plataforma elevatória; balaústres táteis aplicados nos bancos preferenciais e próximos às áreas reservadas para cadeirantes (para atendimento aos deficientes visuais); bagageiro interno (porta pacotes), uma cadeira de rodas disponível para embarcar ou desembarcar os usuários necessitados e dispenser com álcool gel.

Proteção Social Básica no Domicílio
A presidente da Fundação de Ação Social (FAS), Marcia Oleskovicz Fruet, anunciou durante a cerimônia a criação do Serviço de Proteção Social Básica no Domicílio para Pessoas com Deficiência e Idosas. Será destinado a pessoas em situação de vulnerabilidade social pela fragilização de vínculos familiares e sociais e pela dificuldade de acesso a bens, serviços e convivência comunitária. Este serviço será oferecido nos 45 CRAS. Consiste num conjunto de ações realizadas por uma equipe da FAS no domicílio da pessoa com deficiência ou pessoa idosa, visando o fortalecimento de vínculos familiares e sociais, participação e convivência comunitária, promoção do acesso aos demais serviços socioassistenciais, de outras políticas públicas, serviços setoriais e programas especializados.
Participaram também do lançamento do projeto Acesso os vereadores Zé Maria e Rogério Campos e o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Mauro Nardini.
Fonte:Rede Saci(http://saci.org.br)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
href='http://revistaescola.abril.com.br/vocenacapa/php/view.php?image=20110316092338_82507a4c43d3077e0ef0352d500a5022.jpg'>
Criado no siteVocê na capa de NOVA ESCOLA.