by Marcia Serante

Arquivo do blog

Sinais em contexto escolar

Plano de aula inclusivo

domingo, 1 de agosto de 2010

CURIOSIDADES SOBRE A LÍNGUA DE SINAIS

O ENSINO DE LÍNGUA DE SINAIS PARA BEBÊS

Embora a linguagem de sinais seja, antes de tudo, usada como forma de comunicação com e entre pessoas que sejam deficientes auditivas ou surdas, ela também tem outras utilizações. Recentemente, pais e professores usaram a linguagem de sinais como ferramenta para ensinar habilidades às crianças novas, pré-verbais. Alguns pais começaram até a ensinar a linguagem dos sinais enquanto seus filhos ainda eram bebês.
De acordo com o site Gesticulando com o seu bebê (site em inglês), os pais podem começar a ensinar seus filhos com seis meses de idade, embora possa levar meses para a criança fazer seu primeiro sinal. A maioria das crianças reconhece, a princípio, doze ou mais palavras. Conforme ela aprende o significado dos sinais, ela vai querer aprendê-los para tudo o que está ao seu redor. Muitos pais observam que, em algum ponto, o desejo de seus filhos em aprender sinais aumenta drasticamente.
Muitos pais se preocupam com os sinais que são necessidades básicas. Sua filosofia é de que a criança aprende rapidamente como comunicar necessidades específicas, reduzindo a frustração tanto da criança quanto dos pais. Sinais básicos necessários incluem: "mais", "comer" ou "beber".Os pais também podem ensinar sinais baseados no que os filhos gostam. Por exemplo, se um bebê parece gostar de um urso de pelúcia, você pode ensiná-lo o sinal do ursinho. Dois sinais óbvios que fazem parte desta categoria são "mamãe" e "papai".
Algumas pessoas temem que ensinar a linguagem dos sinais para os bebês possa interferir na sua habilidade em aprender a falar, mas especialistas como a Dra. Susan W. Goodwyn, da Universidade Estadual da Califórnia, e a Dra. Linda P. Acredolo, da Universidade da Califórnia, têm estudado de forma abrangente o assunto para determinar o efeito do ensino da linguagem de sinais no que diz respeito ao desenvolvimento da fala. Eles descobriram que as crianças que aprenderam a linguagem dos sinais desenvolveram habilidades lingüísticas mais avançadas e participaram de interações sociais mais complexas do que as crianças que aprenderam a se comunicar somente pela fala. Os especialistas recomendam que os pais falem com seus filhos enquanto gesticulam, para que a criança entenda que tanto os sinais quanto as palavras faladas representam o mesmo conceito.

















SINAIS SÍMIOS

Cientistas estão tentando ensinar a linguagem dos sinais para os macacos como uma forma de comunicação com outra espécie e de aprender como a linguagem dos sinais pode ajudar a ensinar habilidades de comunicação para pessoas com dificuldade de aprendizado ou outras condições. Dois dos casos estudados mais famosos são a Washoe, um chimpanzé que aprendeu mais de 150 sinais e Koko, um gorila com um vocabulário de mais de mil sinais. As experiências com macacos foram criticadas pelos céticos, que acreditam que em muitos casos a metodologia usada foi falha e que os macacos mais imitam seus treinadores do que se comunicam. Os pesquisadores argumentam que os macacos usam a linguagem dos sinais com outros macacos, sem estímulo de algum ser humano.





















A POPULARIDADE DA LÍNGUA DE SINAIS AMERICANA
Ao contar uma história, um falante da ASL  pode usar a contemplação visual para indicar personagens da história. Por exemplo, ao falar sobre um gigante ele pode olhar para baixo enquanto gesticula a voz do gigante. Contar histórias é uma tradição da comunidade dos surdos.
Uma forma complexa de se contar histórias é o teatro de surdos. Algumas produções teatrais recentes incorporaram a linguagem de sinais como uma forma de aumentar o interesse dos surdos e tornar a arte mais acessível a todos. O Deaf West Theatre convoca atores com audição normal, surdos e deficientes auditivos para peças e musicais. Em 2003, o Deaf West Theatre reproduziu o musical "Big River: The Adventures of Huckleberry Finn". Todas as falas do show possuíam voz e sinais e a produção teve um tempo limitado na Broadway.

5 comentários:

  1. Olá, sou tua fã! Adorei seu blog, sempre que posso estou pesquisando.

    bjos...
    Mari

    ResponderExcluir
  2. MARCIA PARABENS.. NAO EXISTE MATERIAL SOBRE ESTE TEMA... E VC AINDA RESPONDE VALEU PELA AJUDA...OBRIGADA...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
href='http://revistaescola.abril.com.br/vocenacapa/php/view.php?image=20110316092338_82507a4c43d3077e0ef0352d500a5022.jpg'>
Criado no siteVocê na capa de NOVA ESCOLA.